Com eventos nacionais, Funesp lança calendário esportivo de 2021

25/02/2021 06h40
Categoria: Esportes

Assessoria

A Prefeitura de Campo Grande lançou oficialmente na noite desta quarta-feira (24), o Calendário Esportivo 2021 com atividades que vão desde eventos regionais até a captação de eventos nacionais, seguindo as medidas de biossegurança entre todos eles.

De acordo com o prefeito Marquinhos Trad está previsto a realização de 11 ações, começando pelos Jogos Indígenas com data prevista de 60 dias após o lançamento. Depois segue com a Copa Campo Grande de Futebol Amador, que em 2019 reuniu mais de 3 mil atletas e a novidade deste ano é a realização dos Jogos Eletrônicos. Além disso, já estão agendados o Campeonato Brasileiro de Karate, de Tênis de Mesa, e de Escalada.

“O Projeto Coruja do Residencial Terra Morena no Jardim Los Angeles é uma referência para todos. É um local de esporte, saúde e acima de tudo um local de encontro de amigos e das famílias. Este lançamento do calendário esportivo mostra o planejamento esportivo da Funesp em Campo Grande, que sabe o que vai acontecer todos os meses dentro de nossa cidade. É assim que deve ser feito numa administração que respeita sua população definindo as atividades e sabendo para onde vão os investimentos”, frisa Marquinhos.

Durante o lançamento ocorreu as inaugurações de serviços no Projeto Coruja, tais como: a Academia ao Ar Livre Intergeracional, com 11 equipamentos para crianças, adultos e pessoas com deficiência, implantação do campo de futebol, pista de caminhada, além da iluminação do local e nas ruas ao entorno da Praça e a inserção do wi-fi grátis por meio da Agetec.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes Rodrigo Terra enfatiza a importância do retorno, gradual dos eventos e atividades e afirma que é possível realizar eventos desde que seguindo todos os protocolos de segurança.

“Com aferição de temperatura, álcool em gel disponível em todos os espaços e todos de máscaras. Os eventos indicam 60 dias a contar de hoje e vamos reduzir o número de modalidades em alguns campeonatos, além de uma série de médicas orientadas e organizar pela vigilância sanitária. Um calendário que motiva as federações, incentiva os atletas e Movimenta Campo Grande, mas com segurança para que possamos garantir saúde e qualidade de vida e que não traga doença e nem contaminação”.

Celso de Oliveira, idealizador do projeto destaca a importância das parcerias. “Estamos na construção do projeto Há 23 anos, quando iniciamos apenas com a quadra de basquete, de lá pra cá criamos conseguimos parcerias privadas e públicas que nos fizeram chagar até aqui e hoje é um marco receber o lançamento do calendário. Isso mostra que estamos no caminho certo em trazer esporte comunitário e atender todas as demandas para crianças, jovens e idosos. Cerca de 500 crianças e sempre dialogando com o poder público”, completou.

A moradora Laís participa do projeto que acontece à noite. “Durante o dia a gente tem que trabalhar e mantém uma rotina corrida. Aqui eu participo do funcional, vôlei e atividades que ajuda muito a gente na condição física e mental, sem esquecer das amizades que fazemos aqui”.

COMENTÁRIO(S)