Autocine nesta semana terá sessões no sábado e no domingo

18/11/2020 06h02
Categoria: Cultura

Assessoria

Este fim de semana o Autocine UFMS terá, além da sessão de domingo, uma sessão no sábado que integra a programação do Festival Mais Cultura.

Dia 21, às 18h30, será a exibição do documentário sul-mato-grossense Ano que vem tem mais, dirigido por Filipi Silveira e Marineti Pinheiro. Todos os anos as ruas, clubes, barracões e casas de famílias se enchem de purpurinas, adereços, sons de marchinhas e alegria, num ritual bem brasileiro que é brincar e bailar o Carnaval. No embalo histórico desta festa popular, o filme narra a trajetória de precursores e protagonistas do Carnaval em Campo Grande, homens e mulheres movidos pela paixão ao samba, que colocam todo empenho nas escolas, blocos e festas, mostrando que, mesmo cambaleante, o samba no pode parar.

Os ingressos já estão disponíveis para retirada na Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Esporte da UFMS, na Cidade Universitária.

Já no dia 22, domingo, será exibido o filme Tropa de Elite, longa-metragem de 2007 dirigido por José Padilha, ganhador de diversos prêmios, incluindo o Urso de Ouro de Melhor Filme no Festival de Berlim.

A produção acompanha Nascimento, capitão da Tropa de Elite do Rio de Janeiro, designado para chefiar uma das equipes que tem como missão apaziguar o Morro do Turano. Ele tem que cumprir as ordens enquanto procura por um substituto, porque sua esposa grávida constantemente lhe pede para sair da linha de frente do batalhão. Em meio a um tiroteio, Nascimento e sua equipe tem que resgatar dois aspirantes a oficiais da Polícia Militar: Neto e Matias. Ansiosos para entrar em ação e impressionados com a eficiência de seus salvadores, os dois se candidatam ao curso de formação da Tropa de Elite.

Os ingressos serão disponibilizados para retirada a partir de quinta-feira, 19, também na Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Esporte da UFMS. No dia 20, a partir da 8h, haverá retirada na Praça dos Imigrantes.

A reativação do Autocine UFMS foi possível por meio de iniciativa conjunta da UFMS, da Fundação de Cultura e Governo de Mato Grosso do Sul, contando ainda com o apoio do Serviço Social do Comércio de MS.

Texto: Leticia Bueno

COMENTÁRIO(S)